PEOPLE: Janet Jackson was ‘verbally abused’ by her ex-husband

Janet Jackson‘s older brother Steven Randall “Randy” Jackson claims that his sister suffered “verbal abuse” and felt like “a prisoner in her own home” during her marriage to London-based Qatari businessman Wissam Al Mana. The businessman’s attorneys issued a statement saying he will not be responding to the “particular and deeply hurtful allegations”. Speaking to PEOPLE exclusively, the former Jackson 5 star, 55, says, “Enough is enough” as he opens up for the first time about what he says is a troubling situation for the superstar singer.
3 years ago959
http://janetjackson.com.br/wp-content/uploads/2017/09/news_divorcepeople2.jpg

Randy Jackson, Janet's brother, has told PEOPLE exclusively about details on Janet's divorce. We've summed up the most relevant parts, but the whole article is here.


O irmão mais velho de Janet Jackson, Steven Randall “Randy” Jackson, afirma que sua irmã sofreu “abuso verbal” e sentiu-se como “uma prisioneira em sua própria casa” durante seu casamento com o empresário do Catar Wissam Al Mana, que mora em Londres. Os advogados do empresário emitiram uma declaração dizendo que ele não responderá às alegações “particulares e profundamente ofensivas”.

Falando com a PEOPLE exclusivamente, a antiga estrela do Jackson 5, de 55 anos, diz: “Basta é basta”, se abrindo pela primeira vez sobre o que ele diz ser uma situação preocupante para a cantora Superstar. “Há muita dor. Janet passou por muita coisa com o divórcio. Eu já passei por muita coisa, todos já passamos”, diz Randy, referindo-se ao divórcio de Janet e batalha de custódia em curso com Al Mana, de 42 anos. Quanto ao que levou ao divórcio, Randy, que participou de processos judiciais com Janet, desenha um retrato grave da vida de sua irmã com Al Mana no fim de seu relacionamento. “Foi uma situação muito abusiva”, afirma Randy. “Isso veio mais tarde no relacionamento, abuso verbal e ser [sentir como] uma prisioneiro em sua própria casa. Nenhuma mulher grávida precisa passar por ser chamada de vadia todos os dias. Havia coisas assim. Isso foi o que ela passou.”

Em uma declaração à PEOPLE, os advogados de Al Mana dizem que “O Sr. Al Mana não vai dignificar estas alegações particulares e profundamente ofensivas com uma resposta. O colapso de seu casamento com Janet Jackson é uma causa de grande tristeza para o Sr. Al Mana, e é o bem-estar e a privacidade de seu filho, Eissa, que continuam a ser o seu único foco.”

Janet Jackson shares first picture of her son, Eissa Al Mana

Randy, que vive em Londres perto da casa que Janet e Al Mana compartilhavam, afirma que, enquanto o abuso não era físico, ele foi compelido a vir para a ajuda de sua irmã no início deste ano. “Eu disse a ela, ‘Você tem que ir morar comigo ou eu vou lá e vai ser o inferno.’ Ela estava muito chateada. Eu disse a ela, ‘Eu não me importo mais. Estou cansado disso. É demais'”, diz ele.

De acordo com Randy, ele não era o único membro da grande família Jackson que veio ao socorro de Janet após o divórcio, “minha mãe e [irmã] Rebbie vieram [para Londres].” Quanto à mãe Katherine Jackson, de 87 anos, e o pai Joe Jackson, de 89, Randy diz que no início, ele os protegeu do que ele sabia. “Eu não queria que eles soubessem. Meus pais estão numa idade avançada então eu queria protegê-los o máximo possível, mas agora eles sabem. Todo mundo na família sabe.

Apesar dos relatos iniciais de que a divisão do casal tinha a ver com diferentes crenças religiosas (Randy diz que Janet é cristã), Randy diz que não foi o problema. “Eu tenho um monte de amigos muçulmanos e eles não agem dessa maneira, não mesmo”, diz ele. “É uma questão pessoal que ele precisa de ajuda com e eu vou orar por ele, também. Mas não vou permitir que ela viva nessa situação abusiva. Ela é minha irmãzinha. O que você viu em Houston, foi a situação dela pondo para fora o que ela está passando.” Além disso, ele afirma: “O abuso ainda está acontecendo.” Randy diz que o par ainda está em contato principalmente devido ao Eissa. “Ela tem a custódia e, claro, permitiu-lhe trazer o bebê em turnê, mas é assédio constante. Esta turnê quase não aconteceu, mas pela graça de Deus que estamos aqui e estamos muito em oração.”

“It’s not about anger or vengeance,” says Randy as for why he’s decided to voice his claims. While he says Janet “wants Eissa to have a mother and a father,” the couple’s issues have grown too large. “We don’t like to put our business out there but sometimes transparency helps you. The devil thrives in darkness. I’m just here supporting her through this time.”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

{{ image }}

{{ title }}

{{ date }} {{ comments }}
{{ viewcount }}
{{ image }}

{{ title }}

{{ date }} {{ comments }}
{{ viewcount }}
{{ image }}

{{ title }}

{{ date }} {{ comments }}
{{ viewcount }}

JANET.br | Janet Jackson Brasil

JANET.br started in 2014 with two fans from São Paulo, Brazil, who had been keeping track of Janet Jackson's work since mid-00's.

We started on Facebook, grew out to other social networks, and then built a website with news and photo gallery. Since then, Brazil, who had never been an expressive fanbase, became one of the biggest hubs of discussion about Janet, and we became one of the biggest international communities about the star.

We're still here, bringing information to the JanFam and, maybe one day, we'll get Janet to come to Brazil.

Janet Jackson Brasil / JANET.br © All Rights Reserved

en_USEnglish
pt_BRPortuguese en_USEnglish